sábado, 9 de novembro de 2013

Os Nossos Dias: resumo de 11 a 17 de novembro

Os Nossos Dias – 41º Episódio
Laura chama toda a gente para almoçar e
embirra com Manuel porque tarda em ir para a
mesa. Depois censura Patrícia pelo facto da
rapariga não querer comer os enchidos do cozido
à portuguesa, João chama a atenção da mãe e
Manuel também a critica por estar a pressionar
a futura nora. Patrícia tenta controlar-se para
não ser mal-educada.
Bárbara discute com Nuno, que decidiu ficar o
dia todo deitado na sala, sem que ela o possa
fazer. O pianista argumenta que ela também não
o deixa entrar no quarto. Bárbara responde que
isso sucede desde que ele decidiu usar o quarto
para a trair. A discussão é inevitável e a
secretária afirma que vai ao banco pedir um
crédito para lhe comprar a sua parte da casa.
Nuno fica tenso com a ameaça da mulher.
Luísa recorre a Gonçalo para desabafar,
reconhecendo que tem poucos amigos e dizendo-
lhe que não para de cismar com Marta, tentada
a conhecer a mulher que acabou com o seu
casamento. O advogado desvaloriza a questão e
afiança-lhe que não vale a pena preocupar-se
com a ex-namorada do marido. Nesse momento,
Gonçalo recebe uma mensagem e é obrigado a
confessar que se trata de Rodrigo que lhe pede
um conselho jurídico e que possivelmente terá a
ver com o divórcio deles. Gonçalo acaba por
revelar que vai ser advogado Rodrigo e Luísa
aceita que ele também a represente no
processo. Gonçalo promete que vai defender
igualmente os seus interesses.
Rodrigo informa os pais de que decidiu entrar
com o processo para requerer a guarda da filha.
Otília fica radiante com a decisão do filho mas
Eduardo afirma que a sua pretensão não será
atendida facilmente, chamando à atenção para o
facto de as mães serem quase sempre
beneficiadas pelos juízes.
Ana vai ao café mostrar a Ricardo a roupa nova
que comprou. Ele fica maravilhado e começa a
brincar com ela, elogiando as suas escolhas e
atirando piropos que a envergonham. Tatiana
chega depois e fica desconfiada se a professora
não estará realmente interessada em Ricardo,
apesar de ele dizer que é fiel a Sandra. Ana fica
indignada com a insinuação de Tatiana e vai
embora.
Daniela tenta estudar mas está desconcentrada
e reclama a atenção de David que está na
cozinha a preparar petiscos. Ele prefere
continuar a cozinhar e Daniela vai
abrir a porta depois de tocarem à campainha. É
Susana, que vai buscar a sebenta de que se
esqueceu. Enquanto Daniela vai ao quarto, David
dá a provar à amiga uma bruschetta que acabou
de fazer, pedindo-lhe que feche os olhos. Ela
segura-lhe na mão para levar a comida à boca e
ele limpa-a, quando se suja. Susana assume que
ele tem muito jeito para a cozinha e aprova a
sua opção de trocar a engenharia pela carreira
de chef. Daniela regressa à sala e entrega o livro
à amiga. Depois de ela sair, fica a contar ao
namorado a situação difícil pela qual ela está a
passar por causa da doença da irmã. David fica
a ouvir o relato da namorada, muito interessado
na vida de Susana. (conclusão)

Os Nossos Dias – 42º Episódio
Rodrigo pede ajuda jurídica a Gonçalo para
requerer a custódia da filha. O amigo aceita
indicar-lhe um colega especialista em questões
de Direito da Família mas faz questão de lhe
dizer que não concorda que ele queira tirar
Beatriz à mãe, convicto de que o está a fazer
porque Marta nada quer com ele. Rodrigo afirma
que só quer recuperar o tempo perdido com a
filha e mostra-se determinado a conseguir o seu
objectivo, deixando Gonçalo apreensivo com esse
comportamento.
Rodrigo conta aos pais que Gonçalo lhe indicou
um colega que é um dos melhores especialistas
em Direito da Família, depositando nele grande
confiança para conseguir a custódia da filha.
Eduardo oferece-se para ajudar, revelando que
pode pedir a um amigo do Ministério Público
que lhe pague um favor, colocando o processo
de Beatriz como prioridade. Rodrigo agradece ao
pai e Otília desabafa que não vê a hora de ter
Beatriz a alegrar-lhe a casa.
Beatriz conversa com Susana e está muito
entusiasmada para ver a reacção da mãe quando
chegar a casa e vir que elas lhe prepararam o
jantar. A menina conta à irmã que deu com a
mãe a chorar depois de Rodrigo se ter ido
embora e pergunta porque é que eles estiveram
tanto tempo sem se verem. Susana contorna a
pergunta e responde que tiveram uma zanga de
amigos e que agora fizeram as pazes. Beatriz
continua ansiosa por não ter ainda uma data
para ser operada mas Susana tenta tranquilizá-
la, garantindo que já falta pouco para que isso
aconteça. Marta chega a casa e quando percebe
que as filhas já fizeram o jantar fica muito
emocionada pelo carinho que demonstram por
elas. Marta chora e abraça as filhas, dizendo que
elas são o melhor que tem na vida.
Lurdes prepara-se para ir fazer o tratamento aos
rins. A encarregada da central de táxis está
muito angustiada e fica furiosa com as
considerações de Paulo e Valdemar.

Carla tenta acalmar a chefe mas também apanha
por tabela. Quando Lurdes sai, os três taxistas
decidem ir comer ao café de Elvira, por sugestão
de Carla.
Nuno procura Tatiana no café e tenta convencê-
la a ensaiarem de novo juntos, assumindo que
não se consegue reconciliar com Bárbara. Tatiana
acha que talvez não seja uma boa ideia porque a
mãe sabe que tiveram um caso. Nuno fica
angustiado, justamente no momento em que
Elvira aparece e o trata com enorme desprezo.
Tatiana sussurra-lhe que é melhor falarem mais
tarde e ele acaba por concordar, saindo
rapidamente. Elvira censura a filha e avisa-a que
não vai tolerar que ela se envolva de novo com o
músico. Valdemar, Paulo e Carla entram no café
e eles ficam extasiados ao verem Tatiana,
pensando que se trata de Elvira. Carla desfaz a
confusão e conta que aquela é a filha da dona
do café. Os taxistas vão sentar-se na outra sala
do café e Valdemar irrita Elvira quando pede
croquetes para os comparar com os da tasca do
Mário, pois o estabelecimento foi encerrado por
falta de higiene. Carla não esconde a
preocupação pelo estado de saúde de Lurdes e
Valdemar duvida que a chefe cumpra a promessa
de passar a tratá-los melhor se o tratamento aos
rins correr bem. Os três entram em teimas e
fazem uma aposta.
Marta procura Rodrigo na empresa e começa a
pressioná-lo para que cumpra o que prometeu e
pague de vez a operação de Beatriz. Ele deixa-a
estarrecida ao informá-la que já iniciou o
processo em que vai pedir a guarda da filha,
argumentando que como lhe vai salvar a vida,
tem o direito de ficar responsável por ela. Marta
nem quer acreditar e quase fica sem reacção.
A conversa entre Marta e Rodrigo não corre bem.
Ele adopta uma postura arrogante e faz-lhe
sentir que é com ele que Beatriz ficará bem,
chegando a aconselhá-la a assumir essa posição
perante o juiz. Marta, cheia de raiva insulta-o e
garante que jamais permitirá que Rodrigo lhe
roube a filha, só porque o pagamento da
operação da menina depende dele. Marta sai
desaustinada do gabinete e Rodrigo mantém-se
impassível. (conclusão)

Tatiana tenta que Elvira a deixe voltar a cantar
acompanhada por Nuno. A mãe proíbe- a com
veemência de voltar a cantar com ele e até deixa
cair um parto que se desfaz em cacos no chão.
Tatiana fica amuada e acusa a mãe de estar de
mau humor desde que Júlio deixou de
frequentar o café. Elvira nega que esteja com
saudades do senhorio e até lhe chama velho
jarreta. No entanto, quando a filha se afasta, ela
fica com uma expressão saudosista.

Lurdes regressa à central de táxis não
conseguindo esconder a sua satisfação pelo facto
do tratamento renal ter sido um êxito. Para
surpresa de Paulo, Valdemar e Carla, afirma que
vai cumprir o que prometeu e passar a tratá-los
com a consideração que todos merecem,
começando por lhes pagar um jantar para
comemorarem a ocasião. Carla e Paulo cobram a
Valdemar a aposta que lhe ganharam mas ele
ainda não se dá por vencido e afiança que a
chefe não vai aguentar até à noite com o bom
humor. Rodrigo entrega a Gonçalo a proposta de
acordo com que pretende obter a separação de
Luísa. O amigo analisa o documento e reconhece
que ele está a ser generoso com a mulher.
Rodrigo afirma que não quer que nada impeça o
divórcio e conta que o processo para requerer a
guarda total de Beatriz também já está em
marcha, embora o advogado que o representa
considere quase impossível conseguir essa
pretensão. Gonçalo insinua que ele possa não
querer pagar a operação da filha caso não
consiga a sua custódia mas Rodrigo mostra-se
ofendido e garante que nunca seria capaz de
fazer tal coisa.(conclusão)

Os Nossos Dias – 44º Episódio
Carla vai ao café à procura de Lurdes e encontra-
a muito desanimada por não ter conseguido
manter a promessa de passar a tratar bem as
pessoas. Carla descai-se e revela que Valdemar a
irritou apenas para ganhar uma aposta e que
nada do que disse é verdade. Lurdes explode de
raiva e jura que a partir de agora lhes vai fazer a
vida num inferno. Elvira apresenta-lhe a conta e
Lurdes recusa-se a pagar a sopa que diz ter sido
a pior que comeu em toda a sua vida. Elvira e
Carla ficam perplexas com a reacção de Lurdes.
Gonçalo apresenta a Luísa a proposta de
partilhas que Rodrigo elaborou mas ela confessa
que não está com cabeça para se debruçar sobre
as questões do divórcio. Gonçalo continua a
desfazer-se em elogios para ela, garantindo que
vai continuar a apoiá-la neste momento difícil e
reafirmando que é Rodrigo quem perde com a
separação. Luísa fica agradada com o mimo que
recebe e sugere a Gonçalo que tomem um pouco
de vinho.
Marta fica furiosa por Rodrigo lhe aparecer em
casa sem avisar e tem de ser brusca com Beatriz
que quer ficar algum tempo com eles em vez de
se ir deitar. Quando a filha finalmente lhe
obedece e vai para o quarto, Marta dá um
raspanete a Rodrigo, dizendo que ele não pode
aparecer quando quer e sem aviso, pois pode
desestabilizar a menina. Rodrigo consegue travar
as acusações de Marta e deixa-a emocionada
quando revela que a operação de Beatriz na
Suíça já está marcada.

Rodrigo diz a marta que quer acompanhá-la na
viagem de Beatriz para a Suíça, determinado a
seguir todos os passos da cirurgia da filha. Marta
opõe-se e diz-lhe para falar baixo pois não quer
que a menina saiba ainda que ele é seu pai.
Beatriz aparece de surpresa na sala a tempo de
ouvir a mãe dizer que lhe contará qualquer coisa
mais tarde. Beatriz teima com a mãe para que
lhe conte o que queria dizer e marta fica
atrapalhada, acabando por ser salva por Rodrigo
que lhe diz que o “segredo” é que a sua
operação já está marcada. Marta consegue que
ele se vá embora mas fica angustiada porque vai
ter de justificar à filha porque é que Rodrigo
quer viajar com elas.
Luísa e Gonçalo tomam uma taça de vinho e a
conversa decorre com harmonia até ela ser
assolada de novo pelo desejo de conhecer mais
sobre Marta, a mulher que acabou com o seu
casamento. Gonçalo reafirma que Rodrigo não
está junto com a mãe da sua filha e Luísa pede
desculpa ao advogado por tê-lo maçado com as
suas lamúrias. Quando se ergue para ir para
casa, Gonçalo fica com o rosto perigosamente
perto de Luísa e resolve o constrangimento com
um abraço que lhe dá. Depois de o amigo ir
embora, Luísa fica pensativa.
Patrícia junta-se a Bárbara e esta lamenta-se por
não conseguir crédito bancário para comprar a
casa em que vive com Nuno, reconhecendo que
apesar de sentir a sua falta, vão continuar a
discutis enquanto morarem sob o mesmo teto.
(conclusão)

Nenhum comentário:

Postar um comentário